Artigos»

"UNIFAI"

Por Sebar

Aos pioneiros da FAFIA, FEO e FAI, dedico!

Em um outro jornal da região, no ano passado, se publicou um artigo deste autor que apresentava a proposta visando a transformação da FAI em "UNIFAI", bem como, apresentando outras possibilidades para a instituição em tempo de pós-globalização organizacional...

Também, faz-se necessário reforçar que a "UniFAI" que se apresenta depois da aprovação pelo CEE/SP como "Centro Universitário", não é uma proposta recente, tendo em vista que na "Gestão do Prof. dr. GILSON JOÃO PARISOTO", tal possibilidade sempre esteve presente, porém, por opção naquele período, não se levou adiante tal proposta acadêmica...

Portanto, sempre é importante destacar que a "UniFAI" deve e muito aos "sonhos" do idealizador e equipe que uniu "FAFIA E FEO" para o surgimento da FAI, ainda, avançando sobre aquelas pessoas que o chamavam de "utópico" naquele outro tempo deste mesmo tempo...

Além do mais ou de menos, "A César o que de César", portanto, a atual gestão da instituição possui seus méritos quanto a criação deste projeto acadêmico denominado de "UniFAI", porém, o passado deve estar neste presente como uma luz iluminando o futuro da instituição em meio aos desencontros do contexto plural para as áreas da política, economia e educação em nível tupiniquim...

Entendo que a direção da instituição daqui pra frente deverá estar atenda aos "ruídos" internos e externos que rondam o projeto "UniFAI", desta forma, a expansão que deverá ocorrer neste novo tempo novo, deve levar em consideração diversos aspectos, entre os quais, a competência do corpo docente nas áreas do ensino, da pesquisa e da extensão comunitária...

Bem como, levantar questões específicas relacionadas com as áreas de "Gestão Organizacional" com apoio das estratégias mercadológicas e logística, tendo em vista a racionalização dos custos operacionais com a estrutura física e humana (docentes, discentes e funcionários)...

Neste cenário que se apresenta para a instituição, deve-se levar em consideração, também, outras adversidades, entres as quais, a concorrência do mercado educacional com cursos que oferecem mensalidades menores do que a praticada pela FAI, agora, denominada de "UniFAI"...

Nestes desencontros do mercado, não se pode deixar de registrar a presença das instituições que oferecem a proposta do "EAD", mesmo que as pesquisas apresentem um cenário favorável ao ensino presencial em oposição ao ensino virtual, todavia, com afirma o dito popular tupiniquim, "todo cuidado é pouco"...

Como "Centro Universitário", existem muitas possibilidades de atuação e liberdade de escolhas com cursos, grades curriculares, abertura de novos e fechamento de cursos com problemas diversos, entretanto, existe o compromisso acadêmico e pedagógico envolvendo as áreas do ensino, da pesquisa e da extensão comunitária...

Assim, diversos fatos do passado continuam sinalizando qual o caminho a seguir pela "UniFAI", haja vista a existência de duas universidades próximas, localizadas em cidades de porte médio do estado, Presidente Prudente e Marília, sem mencionar outras faculdades isoladas que estão marcando presença na região...

Comente este artigo »

Este é um espaço para você opinar e debater. Por isso, o Jornal O Pacaembuense não publica comentários anônimos, com ofensa à moral ou honra de alguém, nem com palavras de baixo calão. Links externos serão automaticamente excluídos. Ajude-nos a manter o respeito ao próximo e denuncie o conteúdo que considerar abusivo.

opacaembuense.com.br               ©2017Todos os direitos reservados. Desenvolvido por NetStyle©