Notícias

Santa Casa de Pacaembu receberá repasses de recursos de emendas que totalizam R$ 424 mil

O valor é proveniente da conquista de duas emendas parlamentare: R$ 309.000,00 do deputado federal Sinval Malheiros

Fonte: Da Prefeitura
22/05/2020

A Prefeitura do Município de Pacaembu abriu um crédito especial que autoriza repassar para a Associação da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Pacaembu recursos financeiros que totalizam R$ 424.254,00, destinados a incremento temporário ao custeio dos serviços de assistência hospitalar e ambulatorial do MAC, para apoio à manutenção de unidades de saúde, do grupo da Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar.


O valor é proveniente da conquista de duas emendas parlamentare: R$ 309.000,00 do deputado federal Sinval Malheiros a pedido do prefeito Maciel Corpa; R$ 115.254,00 do deputado federal Roberto de Lucena por indicação do vereador José Messias Fagundes de Almeida.


“Fazemos esse expressivo repasse com grande satsfação por ser resultado de mais duas conquistas em benefício da nossa Santa Casa. E conseguimos alcançá-las graças à ajuda desses parlamentares que sempre têm ajudado o nosso município. Temos certeza que esse dinheiro será muito bem utilizado pelo hospital para melhorar ainda mais o atendimento na área da Saúde Pública dos pacaembuenses”, dstacou o prefeito.


O Projeto de Lei para a abertura do crédito especial foi aprovado pela Câmara Municipal na sessão realizada no último dia 13 de maio.


RECUPERAÇÃO FINANCEIRA


Há oito anos a Administração Municipal em parceria com a Provedoria e a Irmandade da Santa Casa de Pacaembu tem buscado mudar a realidade do hospital, principalmente nas áreas das gestões administrativa e financeira. Os avanços deste tempo se devem também pelo repasse mensal de R$ 120 mil da Prefeitura para a Santa Casa. E o maior deles sem dúvida foi o pagamento de grande parte da dívida herdada em 2013 no valor de R$ 1.800.000,00 (Um milhão e oitocentos mil reais), incluindo débitos com FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) e INSS (Instituto Nacional de Seguro Social), além de outras pendências trabalhistas. A iniciativa resultou na renegociação e no pagamento de aproximadamente R$ 1.500.000,00 (Um milhão de reais) dessas dívidas entre os anos de 2013 e 2018.




Os comentários abaixo não expressam a opinião deste portal.